ConservaTee
Product ID: 163
Product SKU: 163
New In stock />
Caneca Santo Agostinho - ConservaTee

Caneca Santo Agostinho - ConservaTee

Destaque Lançamento

Marca: ConservaTeeDisponibilidade: Disponível em 2 dias úteis


Por:
R$ 40,00

ou 12x de R$ 4,13 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Caneca Santo Agostinho - ConservaTee

A Coleção Santos da Igreja Católica da ConservaTee traz imagens em vitral dos ícones, homens e mulheres Santos da Igreja.

Esta caneca tem a representação de Santo Agostinho, com fundo estilizado em mármore e uma oração.

-----------------------------

Seu nome era Aurélio Agostinho. Nasceu em Tagaste, uma cidade do Norte da África dominada pelos romanos, na região onde hoje fica a Argélia, em 13 de novembro do ano 354. Filho primogênito, seu pai, chamado Patrício, era pagão e pequeno proprietário de terras. Sua mãe, pelo contrário, era cristã fervorosa, tanto que tornou-se santa, Santa Mônica, celebrada no dia 27 de agosto, um dia antes da festa de Santo Agostinho. Mônica sempre buscou educar o filho na fé cristã. Agostinho, porém, por causa do exemplo do pai, não se importava com a fé.

Santa Mônica queria que seu filho se tornasse cristão, mas percebia que a hora de Deus ainda não tinha chegado. Tanto que adiou seu batismo, com receio de que ele profanasse o Sacramento.

Com dezessete anos, foi para Cartago estudar retórica. Lá, embora tenha recebido formação cristã de sua mãe, passou a seguir a doutrina maniqueísta (que enxerga o mundo apenas como bem e mau), negada veementemente pelos cristãos. Dois anos depois, passou a viver com uma mulher cartaginense, com a qual teve um filho chamado Adeodato. O relacionamento dos dois durou treze anos. Durante todo esse tempo, Santa Mônica rezava pela conversão do filho.

Decepcionado com as incoerências do maniqueísmo, aproximou-se do ceticismo. 

Depois das buscas incessantes pela verdade e de vários casos amorosos, Agostinho finalmente rendeu-se à coerência da mensagem de Jesus Cristo. Encontrou em Jesus o que não encontrara em nenhuma outra filosofia, em nenhum outro mestre. Assim, ele e seu filho Adeodato, então com 15 anos, foram batizados em Milão por Santo Ambrósio, durante uma vigília Pascal. A partir de então, passou a escrever contra o maniqueísmo, que ele conhecia tão bem. Mas depois disso, escreveu obras tão importantes que o tornaram Doutor da Igreja.

Sua morte ocorreu em 28 de agosto do ano 430. Mais tarde, em 725, seus restos mortais foram exumados e trasladados para a cidade de Pávia, na Itália, onde são venerados na igreja de São Pedro do Céu de Ouro. A igreja fica perto do local onde ocorreu sua conversão.


-----------------------------

Oração impressa na caneca:

Tu, Senhor, que cuidas do mundo e escolhes os homens para anunciar a felicidade, concede-nos, que através de Sto. Agostinho, Te encontremos em nós mesmos e caminhemos na perfeição do espírito.

Que sejamos capazes de amar a quem Te ama, ao amigo em Ti e ao inimigo por Ti; que nossa felicidade seja conhecer-Te, ainda que ignoremos tudo e fiquemos só contigo. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. 

Santo Agostinho, rogai por Nós. Amém.

-----------------------------

Caneca nacional em cerâmica tratada.
Capacidade: 325ml

• Evite produtos abrasivos ao lavar.
• Lavar com água e sabão, usando somente o lado macio da bucha.
• Pode ser levado à máquina de lavar louças, microondas e geladeira.
• Evitar choque térmico.

-----------------------------

Prazo de produção e postagem: 2 dias úteis.
A estampa tem um espaço em branco de 5cm na área da alça devido ao processo de impressão.

Imagem ilustrativa.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características